Graciela Rabuñal

GracielaRabuñalIlustracion.jpg

A chuva

Chuva de outono nos cristais bate forte.

Eu tento dormir.

Meus olhos cheios de nostalgia queimam com a ausência e sem dormir.

Amores inesquecíveis retornam, unidos pela insônia sem sentido.

Eles retornam, mas sem um dono.

Os ontens removem tristezas.

Gotas, golpes perdidos, lembranças, golpes mortais ...

Não há esquecimento.

Oh como eles me machucaram!

 

Páxina 48